Portal negociarÁrea do Cliente

Seu cadastro ainda não foi validado!
Verifique sua caixa de emails para validar seu cadastro.
Caso ainda não tenha recebido o email clique aqui e lhe enviaremos outro.

×

Email re-enviado com sucesso!
Verifique seu email para validar seu cadastro.

×

Dicas de gestão financeira

13º: Planejamento Futuro

Postado em 03/01/2020 às 01:04 por Itapeva Recuperação de Créditos.

Para começarmos o ano de 2020, chegamos ao último vídeo desta série e hoje vamos falar sobre como usar esse dinheiro para se planejar e não ser pego de surpresa no futuro!

Você está preparado financeiramente para gastos inesperados como despesas médicas, manutenção do carro ou até uma demissão do seu emprego atual?

Se a resposta for sim, parabéns, você está no caminho certo. Mas se ainda não estiver preparado, eu vou te dar 3 dicas para criar um fundo de emergência e ter uma reserva financeira para esses imprevistos. Primeiro, você precisa colocar no papel o quanto precisa gastar para sobreviver e a sua receita, já descontando imposto de renda, deduções e contribuições para o valor ser exato.
Faça esse controle das despesas de pelo menos três meses da sua rotina financeira, incluindo todos os gastos que você tem com a casa, a família, o carro e etc.

Depois, faça uma análise precisa para identificar os itens que podem ser cortados. Fazendo isso, você separa os gastos importantes dos supérfluos e economiza. Cuidado apenas para não fazer cortes demais e acabar agredindo o seu estilo de vida.

Por último, mas não menos importante, você deve definir um valor mensal que será guardado para criar o fundo de emergência.

Especialistas financeiros afirmam que a reserva de emergência deve corresponder a cerca de seis meses a um ano das despesas essenciais da família.
Vamos fazer um exemplo hipotético para entender melhor com o tempo de seis meses. Se você gasta R$ 1.500,00 com as despesas mensais de alimentação, transporte, saúde e residência, para ter esse respaldo financeiro para imprevistos, o valor total da sua reserva deve ser de R$ 9.000,00.

Com este valor, você estaria totalmente preparado e não comprometeria o seu planejamento financeiro com os imprevistos.
Parece muito, não é?! Mas com pequenas quantias fixas mensais e o seu décimo terceiro ou parte dele, você consegue criar o seu fundo de emergência.

Na semana que vem vamos começar uma nova série de vídeos com dicas para se organizar e não se endividar com as contas do início do ano!
Tenha um feliz 2020!

Não esqueça de nos acompanhar em nossas redes sociais: