Portal negociarÁrea do Cliente

Seu cadastro ainda não foi validado!
Verifique sua caixa de emails para validar seu cadastro.
Caso ainda não tenha recebido o email clique aqui e lhe enviaremos outro.

×

Email re-enviado com sucesso!
Verifique seu email para validar seu cadastro.

×

Dicas de gestão financeira

3 técnicas para parar de comprar por impulso

Postado em 18/03/2021 às 07:24 por Itapeva Recuperação de Créditos.

Tudo o que você vê você quer comprar e não aguenta esperar?
Então, tudo o que precisa é dessas 3 técnicas para parar de comprar por impulso sem necessidade.

A dica da Itapeva de hoje é para você aprender a se controlar e não sair gastando por aí sem necessidade!

Comprar por impulso é um hábito muito comum e que não faz bem para a sua saúde financeira, pois muitas vezes você nem precisa do que você compra ou o preço pode causar um buraco na sua carteira. Então vamos conferir as dicas?


1. A primeira é um exercício simples, mas que deve ser praticado sempre: pense antes de comprar!

Às vezes você vê uma oferta e a mão já coça pra pegar a carteira, mas na verdade a maioria das promoções não são instantâneas, então você não precisa comprar na hora.
Pense um pouco, respire e não deixe o calor do momento dominar, você deve controlar esse sentimento.


2. A segunda técnica ajuda muito a diminuir os gastos a longo prazo, ou seja, no cartão de crédito.

Comprar no crédito pode ser um erro, pois se for algo momentâneo como comprar comida ou ir ao cinema, você desfrutará daquilo só naquele momento, mas pagará no outro mês por isso.
Para compras nesse estilo, use dinheiro ou o débito para não prorrogar o pagamento de algo que já aproveitou.
Para outras coisas, a dica é colocar um limite abaixo do que o seu cartão de crédito já permite.
Por exemplo: se o seu banco aprovou mil reais de crédito mensal para você, coloque um limite de seiscentos reais e não gaste mais que isso para aprender a gerir o seu crédito ao longo do tempo.


3. A terceira técnica é para quem não pode gastar mais de jeito nenhum, ou seja, sem gastos com as famosas coisas dispensáveis.

Você não precisa pedir comida todos os dias? Então desative as notificações dos seus aplicativos de entrega, para não ficar pensando nisso toda vez que receber uma promoção ou cupom de desconto.
Outra coisa que você pode fazer é parar de seguir por um tempo as redes sociais das lojas que você não consegue ficar sem comprar, assim você evita de receber propagandas com produtos que te fariam comprar por impulso.

E para ajudar ainda mais, você também deve exercitar a conhecida técnica das quatro perguntas. Sempre que você estiver quase comprando algo, faça quatro perguntas para si mesmo:  


1- Para que eu quero isso?

A primeira é: para que eu quero isso?

Essa resposta ajuda a refletir na motivação da sua compra, que pode ser apenas para saciar uma vontade ou para repor uma necessidade real.


2- Eu realmente preciso e não tenho outra opção?

A segunda pergunta é: eu realmente preciso e não tenho outra opção?

Respondendo essa, você vai saber se o gatilho da sua compra é emocional ou racional.


3- Preciso comprar agora?

Preciso comprar agora? Essa é a terceira pergunta e muito importante, pois revela se você está comprando por algum motivo supérfluo ou aproveitando uma condição especial como uma promoção para atender uma necessidade


4- Não há nada mais importante do que isso para comprar?

E a última pergunta a se fazer é:
Não há nada mais importante do que isso para comprar?
Pensando nessa resposta, você vai definir se a sua escolha é realmente uma prioridade ou não para gastar o seu dinheiro.

É difícil se controlar, mas exercitando todas essas técnicas diariamente, você vai ver como consegue economizar e, com o tempo, a vontade de comprar diminui e você tem todo o controle da sua vida financeira.

Quer mais dicas valiosas como essas? Inscreva-se em nosso canal no Youtube, ative o sino e siga a Itapeva nas redes sociais. Até lá!

Não esqueça de nos acompanhar em nossas redes sociais: